Saiba o que é bitcoin, blockchain e os segmentos que poderão ser revolucionados com eles

Nos dias atuais, muito se ouve a falar a respeito dos sistemas financeiro e de processamento de dados peer-to-peer. Mais conhecidos como bitcoin e blockchain, eles são termos comumente correlacionados e presentes nos noticiários mundo afora. No entanto, são poucas as pessoas que entendem de fato o que eles são, para que servem, como funcionam e no que interferem.

E, para você não ficar por fora, explicaremos, a partir deste conteúdo, os seus conceitos e quais segmentos poderão ser revolucionados, ou até mesmo extintos, com eles. Por isso, continue a leitura!

Afinal, o que é um bitcoin?
É uma criptomoeda, isto é, uma moeda virtual que circula apenas no meio online e tem sido cada vez mais empregada como forma de pagamento. Um bitcoin custa mais de 25 mil reais e, por não depender de bancos centrais para a sua circulação, ele pode ser gerado a partir dos processos de mineração, compra e/ou recebimento.

Entre as vantagens ao usar as criptomoedas em transações monetárias, destacam-se:

  • Menores taxas. Isso porque as transações de bitcoins ocorrem diretamente de pessoa para pessoa, não existindo a interferências de bancos centrais.
  • Não podem ser congeladas. Os governos federais não podem embargar as criptomoedas da mesma forma que podem com as moedas convencionais.
  • Agilidade na transação. Com o bitcoin você pode enviar, ou receber, qualquer quantia de dinheiro no menor tempo – não importa onde você encontre-se. E, quando se trata delas, não existem feriados ou fronteiras para as suas transações eletrônicas.
  • Privacidade. Você sabia que para realizar transações de bitcoins não é necessário vincular as suas informações pessoais a esse tipo de processo?
  • Transparência. Qualquer informação a respeito da moeda virtual bitcoin encontra-se disponível no blockchain e pode ser verificada por qualquer um que tenha acesso à internet.

Mas o que é o blockchain?
Por trás de toda compra e venda de bitcoin encontra-se um sistema que registra quem transferiu para quem e o quanto foi transferido. Ele se chama blockchain e funciona como um livro contábil. Assim como o bitcoin, ele é uma tecnologia que funciona sem a intervenção de intermediários.

Mas, o que faz o blockchain ser diferente de um banco de dados convencional? Por exemplo, em um ambiente digital, os dados podem ser copiados, alterados e trocados. Com o blockchain não. Através dele, um usuário não pode gastar um bitcoin duas vezes ou dizer que te transferiu 10 dele, sendo que repassou apenas cinco bitcoins. Além disso, o blockchain pode acelerar os processos e reduzir o seus custos.

Segmentos revolucionados pelo blockchain
E, por ser tão interessante, que ficou claro o seu uso para outros sistemas além do financeiro – como os comerciais, eleitorais e governamentais – podendo revolucionar demais segmentos, tais como os dos cartórios, dos bancos, das seguradoras e de empresas de telecomunicações.

E agora, compreendeu o que é bitcoin e blockchain? Para mais conteúdos como este, continue acompanhando o nosso blog!

Diniz Fiori

Diniz Fiori, Consultor de marketing, com especialização em marketing digital. Mestre em Administração. Coordenador da pós graduação de comunicação em mídias digitais da faculdade Estácio , possui MBA em Marketing e especialização em Administração estratégica. Diretor regional da ABComm- Associação Brasileira de Comércio eletrônico. Apresenta semanalmente a coluna sobre marketing e tecnologia na Rede Mercosul News, Record News-PR.

Website: http://www.digideias.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *